Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» um guia do ubuntu para iniciantes
Sab 05 Jan 2013, 23:24 por otto

» definir o windows como padrãono boot do grub e diminuir o tempo de espera
Ter 08 Maio 2012, 00:38 por otto

» deixando o BR Office em português
Sex 04 Maio 2012, 23:49 por otto

» guia de pós instalação do opensuse
Seg 23 Abr 2012, 21:35 por otto

» comandos básicos do gnu linux
Dom 22 Maio 2011, 04:03 por otto

» Lançado hoje a comunidade oficial aptosid Brasil
Seg 20 Set 2010, 21:12 por otto

» como instalar o debian a partir do pendrive
Sab 21 Ago 2010, 13:30 por otto

» comando para saber qual sistema está usando no gnu linux
Sab 08 Maio 2010, 13:15 por otto

» Instalação do windows via pendrive
Ter 13 Abr 2010, 08:46 por otto

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Estatísticas
Temos 96 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de joaquim

Os nossos membros postaram um total de 866 mensagens em 346 assuntos

Você conhece o Seminarix?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Você conhece o Seminarix?

Mensagem por vitornc em Sex 06 Fev 2009, 22:43

O Seminarix é um projeto alemão de personalização do Sidux para utilização em educação. Após o post do Otto falando sobre o Seminarix, publicando gentilmente o link do repositório, resolvi baixar a imagem e rodar o sistema, fazendo uma análise sobre o que há de diferente nesse Sidux, buscando idéias para a personalização em que estou trabalhando.




Área de trabalho carregada, ambiente KDE, se não fosse a referência Seminarix colocada sobre o papel de parede, você não perceberia a menor diferença. Acessando ao menu é possível notar que a instalação buscou privilegiar programas que pudessem ter aplicabilidades educativas. A base de aplicativos se voltou para os pacotes nativos do KDE, dentre eles os jogos educativos como Ktouch, Kpercentage, Kanagram, Keduca e a suíte Koffice com os aplicativos de edição de texto, de apresentação em slides, de criação de gráficos e planilhas. Além destes encontrei outros programas bem interessantes como o Stopmotion para produzir animações, o Hydrogen para criação de samplers, o Kino para edição de vídeos, mas também os já conhecidos Tuxpaint e Gcompris.




Para o Seminarix foi criada um menu gráfico chamado Appstarter (pacote Sidux-Edu) onde são encontrados todos os programas inseridos na categoria educativos. Ao acessar o Appstarter, a esquerda temos uma área contendo as categorias ( matemática, química, gráficos, música, etc), ao escolher uma delas, temos postadas as referências dos programas do lado direito.




Nele podemos ter acesso a três modos de visualização: mostrar somente os programas instalados, mostrar os não instalados ou todos os programas listados na categoria escolhida. O Appstarter possibilita também a instalação de programas não instalados.




Ao clicar sobre o ícone de um programa você tem acesso a abas de navegação que fazem a apresentação de suas funcionalidades, oferece também acesso a home-page do desenvolvedor e a função de executar o programa. No mais este é o Seminarix.

Alguns dos programas listados para o Seminarix já faziam parte do projeto de remaster que desenvolvi, dessa forma acrescentar as modificações encontradas e introduzir o Appstarter não seria algo complicado. A questão central aqui seria fazer avançar a discussão sobre o conceito do que imaginamos ser uma distribuição voltada para educação, pois isso é algo que vai muito além do processo de introduzir nela programas considerados educativos ou colocar nelas botões bonitinhos ou um papel de parede maneiro, tais elementos podem até ajudar, mas não são suficientes para torná-la eficiente.

Uma distro GNU-LINUX voltada para educação precisa ser interativa, deve buscar conhecer bem o seu público alvo, sendo capaz de estabelecer algum tipo de diálogo com ele, principalmente o usuário iniciante, que teve as suas primeiras vivências em informática dentro de um sistema proprietário, que buscou incutir neles um pré-conceito sobre o que é bom e funciona. O melhor exemplo disso, de interatividade, são os scripts do Kurumin escritos pelo Carlos Morimoto, que aliados a portabilidade do sistema em CD ofereceram aos usuários iniciantes a possibilidade de aprender a usar Linux, tornando a distribuição bastante didática. Se você queria configurar a rede bastava rodar o script que “conversava” com o usuário: vamos fazer tal coisa, isso pode ser feito desse modo ou de uma outra maneira diferente, vou aproveitar e abrir um artigo sobre esse assunto. Para o usuário mais experiente tal coisa pode soar como algo infantil, mas não podemos ser arrogantes a ponto de ignorarmos que em se tratando de informática vamos encontrar sujeitos em diferentes ritmos de aprendizagem e níveis de conhecimentos. Essa capacidade de conversar com o usuário foi para mim a principal razão do sucesso do Kurumin.


Em nome da interatividade introduzi algumas mudanças no Menu do KDE, aproveitando uma idéia já existente. Quando você está no Windows e que usar um programa para digitar texto, não adianta somente acessar o menu, pois se você não souber o nome do tal aplicativo, você ficará perdido. No KDE o menu é bastante interativo, quando você se depara com a referência 'escritório' já sabe que lá pode ter um programa que sirva para isso. O que eu fiz foi criar uma "ÁREA DE ESTUDO" com entradas específicas para atividades escolares, aproveitando a idéia de trabalhar com projetos que vem sendo difundidas em nossas escolas, como por exemplo:
– Desenvolver Projetos Escolares / Trabalhar com Projetos de Texto - Aqui coloquei programas que pudessem ser utilizados nessa tarefa, como o Br Office Writer, Abiword, Kedit, Kwriter, Hagaquê.




Uma distro voltada para educação deve ser utilizada não só nas escolas, mas também oferecida aos estudantes para que façam uso dela em suas casas, promovendo a inclusão de seus familiares em torno dos benefícios do mundo digital. Para isso a portabilidade em CD ou DVD é fundamental, permitindo que alunos e professores possam explorar o sistema, estudá-lo, ganhando confiança para que seja instalada em seus computadores. E já que falamos de computadores precisamos lembrar que estamos lidando com uma clientela que normalmente não tem em suas casas os computadores mais modernos, que possuem em sua maioria micros com processadores a partir de 500MHZ, com 128 ou 256 de memória RAM. Sendo assim tal solução educacional precisa estar preparada para lidar com esses diferentes nichos e soluções existem, o LTSP é um bom exemplo disso.

Uma distro voltada para educação precisa ser robusta no que tange aos programas, explorando o que há de melhor no GNU-LINUX que é a diversidade de aplicativos. No remaster que desenvolvi procurei não economizar, incorporando ao sistema, após um intenso processo de pesquisa, que custou algumas horas de sono, um cabedal significativo de programas que pudessem contribuir para o desenvolvimento de projetos educativos, foi assim que cheguei a quase 50 programas. Uma coisa é você trabalhar um sistema com o Broffice e outra coisa é juntar a esse projeto as quase 6000 imagens existentes no Openclipart. Não há quem resista.




Mas escolher esses programas requer um olhar cuidadoso para descobrir neles a existência de algum potencial educativo. É nesse ponto que muitas distros educacionais se perdem. Ao abrirmos o Synaptic temos acesso a mais de 20000 pacotes listados nos repositórios Debian, sabemos que nem todos esses pacotes são realmente de programas, um bom número deles consiste de bibliotecas, outros são programas de configuração. Mas se imaginarmos que 1 décimo desses programas possam servir ao propósito que imaginamos, teríamos assim mesmo um número grande de programas para serem explorados, tarefa difícil para ser realizada por uma só pessoa, já que isso implicaria em baixar o programa, vencer a barreira da língua e descobrir se dentro de suas funcionalidades poderíamos explorar o desenvolvimento de atividades educativas, apontando em quais áreas de estudo o aplicativo se afina.




Uma distro educativa turbinada precisa pensar numa logística diferenciada para disponibilizar os seus pacotes, pois lidaremos com algumas dificuldades do nosso público alvo, como por exemplo o acesso a uma boa conexão de internet para baixar programas. Uma solução para isso seria utilizar o script kokar do Kurumin, o que permitiria disponibilizar facilmente os arquivos ISOS contendo a imagem dos pacotes, que podem ser transportados em DVD's e Pendrivers. A ISO que utilizei no Edukando chegou a 2 gigas. O Edukando versão Sidux ou Edusidux, nome sugerido pelo Otto, está sendo organizado em um live DVD que já está em 3 gigas, com os programas que eu já utilizava e mais alguns, dentre eles o Doxvos para deficientes visuais, desenvolvido pelo prof Antonio Borges do NCE/UFRJ.




Uma distro voltada para educação precisa reunir em torno de si uma comunidade de professores que se proponham a estudar os programas, utilizá-los em atividades educativas, criar estratégias de uso, disponibilizá-las em grupos de discussão, pensar inovações e encaminhá-las a comunidade de desenvolvedores.

Nesse sentido uma distro educacional deve ser capaz de facilitar e permitir personalizações, assimilando inovações de outras distribuições, melhorá-las e torná-las disponíveis para que outras distros possam também beneficiar seus usuários. E personalizar não significa se apropriar do trabalho do outro, sumir com as referencias que remontem ao projeto base e batizá-la com um outro nome. Da mesma forma, que não é ético se alimentar da fonte de pacotes de uma distro, realizar melhoramentos e depois criar "dificuldades" para que os usuários da distro base se benificiem delas. Esse é o caso daquelas distros que só gostam de conversar com elas mesmas, são adeptas da pratica do provérbio: "venha a nós, mas ao vosso reino, nada".

Dessa forma o novo Edukando será Sidux, porque continuará Sidux, poderá até ser EduSidux...

O importante é que seja voltada para educação, que seja capaz de promover inclusão.

Vitor Nunes afro


Última edição por vitornc em Sex 06 Fev 2009, 23:22, editado 1 vez(es) (Razão : corrigir ortográficos)

vitornc
desenvolvedor do projeto seminarix em português
desenvolvedor do projeto seminarix em português

Masculino
Número de Mensagens : 15
Localização : Brasil
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 01/02/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por otto em Sex 06 Fev 2009, 23:34

Very Happy
excelente post vitor,
tente usar essa dicas de tradução para o português que está aqui neste link para ver se funciona em http://sidux.forumeiros.com/dicas-e-tutoriais-f12/como-traduzir-o-sidux-ourea-para-portugues-do-brasil-realmente-t131.htm
boa sorte no seu projeto!
o devil quer um mastering e não um remastering, então seria interessante o desenvolvimento em cima do seminarix. abraços.


ps; quando conseguir terminar o seu projeto tenta colocar um link de download.



Idea
avatar
otto
Fundador

Masculino
Número de Mensagens : 417
Localização : Rio de Janeiro, Brasil
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 05/09/2008

Ver perfil do usuário http://sidux.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por ceti em Sab 07 Fev 2009, 04:55

Vitor disse:
"Dessa forma o novo Edukando será Sidux, porque continuará Sidux, poderá até ser EduSidux..."

Victor, beleza seu trabalho, só que os desenvolvedores do sidux são muito ciumentos e fazem muita questão de ter um controle total sobre a distro (no que eles estão mais do que certos, concorda?). Estive dando uma olhada no post do carioca no fórum inglês e lá o devil deixou bem claro que não é possível permitir que o nome da distro apareça em seu remaster:

"ok, please do not call it sidux or use sidux in the iso name.
if it is a remaster, we do not want to be connected to it.
"

Outro pequeno detalhe: o nome da distro é "sidux", não "Sidux" (prá você ver o nível de controle que eles fazem questão de ter).

Por último: se você entende (ou conhece alguém que) Alemão, será que você não poderia traduzir o seminarix para o Português? Infelizmente, eu só sei (um pouco de) Inglês, senão eu mesmo faria isso.

E agora é por último mesmo: você conhece o Edubuntu? De repente você poderia tirar algumas ideias dali prá incorporar ao seu trabalho.

Abraços e boa sorte

ceti
sidux documentation and manuals member
sidux documentation and manuals member

Número de Mensagens : 13
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 11/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por vitornc em Sab 07 Fev 2009, 14:18

Olá Otto!
Olá Ceti!


Agradeço aos dois pelos comentários e as dicas.
Com a ajuda do meu filho Diogo, lemos o post com as considerações do devil e entendo perfeitamente as posições expostas relativas ao sidux. Pelo que percebi, o anuncio feito sobre a personalização que fiz causou um tremendo rebuliço, HE!HE!HE! (tradução - risos). Principalmente porque foi feita não por um expert em linux, estou muito longe disso, me considero no máximo um estudioso aplicado, que aprendeu um pouco sobre isso remasterizando o Kurumin e fuçando outras coisas pelos vários fóruns e blog's existentes. Sou antes de tudo um professor que viu no linux um enorme potencial educativo, aprender mais se tornou então uma necessidade.

* A liberdade para executar o programa, para qualquer propósito (liberdade nº 0);
* A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades (liberdade nº 1). Acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade;
* A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo (liberdade nº 2);
* A liberdade de aperfeiçoar o programa, e liberar os seus aperfeiçoamentos, de modo que toda a comunidade se beneficie (liberdade nº 3). Acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade;

Pelo que li no fórum, sei que deixei o devil e os demais um pouco apreensivos por saber como cheguei até o interior da "caixa preta" sem utilizar a ferramenta automatizada de produção do CD, que deve ser algo parecido com o Live Magic do Debian e que me parece não estar disponível para uso, a não ser para os desenvolvedores, para que tenham maior controle do processo. Sei também que precisarei lidar melhor com os termos remasterização (remastering), masterização (mastering) e personalização, algo compreensivo para alguém que aprendeu a lidar com essas coisas por curiosidade. Aproveito para pedir o auxílio de vocês sobre a real diferença desses termos.

Estarei neste final de semana registrando os principais passos de personalização do Edukando, como por exemplo descompactar o arquivo sidux.686 e traduzir as mensagens de boot contidas no arquivo initrd e gostaria do auxílio de vocês para fazer chegar esses passos ao devil diretamente, sem publicá-lo no fórum, por respeito as considerações já feitas e para que nenhum aventureiro se aproveite disso, HE!HE!HE!

Com o projeto Edukando procurei criar modificações para atingir melhor aos objetivos que defini, isso significa elaborar acessórios que pudessem incorporar melhoramentos a distro e não simplesmente usurpar projetos e dando a eles um novo nome. Quero deixar claro que essa não é a minha intenção. Para mim seria bastante interessante que essas modificações pudessem ser avaliadas e incorporadas a distro, isso dependerá do quanto o time de desenvolvimento está propenso a aceitar tais modificações. Quero dizer também que tudo isso surgiu da necessidade de "estudar como o programa funciona", e "adaptá-lo para as minhas necessidades", buscando ajudar o meu próximo.

Veja o caso do Seminarix, a base de pacotes utilizada é do KDE que possui suporte para a lingua portuguesa, assim como os demais programas embarcados. A excessão é o Appstarter que está em alemão, mas isso não chega a ser problemático assim, pois conheço um amigo, também professor que tem formação na lingua alemã. O problema seria ter acesso aos códigos do Appstarter para realizar a tradução, com explicações sobre o programa utilizado para desenvolvê-lo. Nesse caso eu gostaria de propor sugestões quanto a forma de organização dos programas, criando entradas que relacionassem possibilidades de projetos com programas: criar projetos de texto; trabalhar com desenhos e imagens; trabalhar com animações; criar apresentações e livros eletrônicos; trabalhar com calculos, gráficos e gerenciamento de informações; trabalhar com projetos de dados, audio e vídeo; etc.

Seria interessante se esse post sobre o seminarix chegasse ao time de desenvolvimento, será que vocês poderiam traduzí-lo para o inglês? Espero não estar abusando.

Um abraço
Vitor Nunes

vitornc
desenvolvedor do projeto seminarix em português
desenvolvedor do projeto seminarix em português

Masculino
Número de Mensagens : 15
Localização : Brasil
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 01/02/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por muchan em Sab 07 Fev 2009, 21:20

remastering =
sidux.iso --> montar como file system --> personalisar --> outro iso

mastering
configurar o sistema que criar sidux.iso original ---> sidux.iso
(o sistema se chama "fullstory")

seminalix é feito como "mastering" de equipe de seminalix/sidux

a equipe do sidux nunca é simpatica com "remastering", e não permite
lançar com o nome de "sidux". mais se o projeto for bom, contatar diretamente
o pessoal do sidux, falando, cooperando, se puder criar seminalix com a versão
portugusa/brasileira como "mastering". = ISO original.

muchan

Número de Mensagens : 72
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 09/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por vitornc em Sab 07 Fev 2009, 23:10

Olá Muchan!

Obrigado pelo auxílio. Vamos ver se entendi.

remastering =sidux.iso --> montar como file system --> personalisar --> outro iso

A ação de personalizar aqui gera intencionalmente uma "nova distro", que se aproveita diretamente dos recursos da distro base, podendo até incorporar novos recursos, mas sem reverter necessariamente benefícos a ela.

mastering = configurar o system que creer sidux.iso original ---> sidux.iso
A ação de personalizar aqui gera melhorias a distro base, incorporando novos recursos com a avaliação da comunidade de desenvolvedores.

No meu caso, o que fiz foi um mastering, já que no processo não criei uma outra iso. Estou considerando sidux.iso=sidux.686, isso é correto? Estou percebendo que alterações no papel de parede, tela de login, novas entradas no menu do KDE, introdução de programas que não faziam parte do projeto original, colocaria esse mastering em uma situação bem parecida com o seminalix, só que nesse caso trata-se de um projeto não-oficial.

De minha parte reafirmo a disposição de colaborar, principalmente se pudermos incorporar as modificações que pesquisei. Existe também a possibilidade de trazer outros professores para também colaborar, falo daqueles que já estão trabalhando com o Edukando nas escolas onde foi instalado.

Um abraço
Vitor Nunes

vitornc
desenvolvedor do projeto seminarix em português
desenvolvedor do projeto seminarix em português

Masculino
Número de Mensagens : 15
Localização : Brasil
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 01/02/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

desenvolvimento do seminarix em português

Mensagem por otto em Dom 08 Fev 2009, 08:30

Caro Vitor,
Vou tentar ajudar no que for possível para mim, pois não tenho conhecimento nem em remastering e muito menos em mastering.. Se você quiser posso criar aqui no Forum uma aréa restrista chamada "desenvolvimento do seminarix em português", que somente você, os moderadores e a administração tenham acesso (podem visualizar) e o pessoal da equipe do sidux como o desenvolvedor x-un-i, o muchan e o ceti (que é o tradutor dos manuais do sidux.), para preservar o que você acha importante não ser conhecimento púbico e você trabalhar no seu desenvolvimento. O que você precisar mais é só falar. Vou colocar um rank para você de "desenvolvimento do seminarix em português" e mãos à obra que tenho certeza que você expandirá o seu projeto para milhôes de crianças pobres no mundo todo. Boa sorte e muito sucesso!. abraços.
cheers
avatar
otto
Fundador

Masculino
Número de Mensagens : 417
Localização : Rio de Janeiro, Brasil
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 05/09/2008

Ver perfil do usuário http://sidux.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por muchan em Dom 08 Fev 2009, 12:01


No meu caso, o que fiz foi um mastering, já que no processo não criei uma outra iso. Estou considerando sidux.iso=sidux.686, isso é correto? Estou percebendo que alterações no papel de parede, tela de login, novas entradas no menu do KDE, introdução de programas que não faziam parte do projeto original, colocaria esse mastering em uma situação bem parecida com o seminalix, só que nesse caso trata-se de um projeto não-oficial.

se você comentou de ISO de sidux (como Pontos), isso é remastering.
se você usou pyfll, program de projeto fullstory, isso é mastering.

Projeto não oficial, não pode haver o nome "sidux".

Primera coisa que você faz pra "desenvolver" é buscar o x-un-i no IRC #sidux, fala que
você quer fazer. Se você puder falar inglês com devil que é membro da equipe do seminarix (e do sidux).
(desculpa me, que eu escrevi seminaLix... é problema de japoneses, que distinquem o R e L... Cool

muchan

Número de Mensagens : 72
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 09/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por vitornc em Dom 08 Fev 2009, 12:55

Olá Otto!
Olá Muchan!

Mais uma vez obrigado pelo auxílio.

Caro Otto será uma grande responsabilidade mas acho que podemos dar conta de fazer um trabalho bem legal, buscando envolver outras pessoas nesse processo. Acho interssante a criação dessa área restrita, acho que vai atender as necessidades que estão se apresentando.

Caro Muchan obrigado pelos esclarecimentos, estão me ajudando a dar os passos certos, no final das contas o que queremos é ajudar o nosso próximo. Eu enviei para o Otto os passos que utilizei na personalização e as dificuldades que surgiram, estou enviando uma cópia para o seu e-mail para que vocês tenham uma idéia de como foi feito.

Um abraço
Vitor Nunes

vitornc
desenvolvedor do projeto seminarix em português
desenvolvedor do projeto seminarix em português

Masculino
Número de Mensagens : 15
Localização : Brasil
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 01/02/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por otto em Dom 08 Fev 2009, 23:19

Very Happy
Vitor dá uma lida que o xadras (que é outro desenvolvedor do sidux) colocou em http://sidux.com/index.php?name=PNphpBB2&file=viewtopic&p=110853#110853 ele disse que podia ajudar, mas disse também que é um trabalho duro de tradução de mais de 100 programas educacionais que têm no seminarix. você realmente terá tempo para este trabalho ? Será um trabalho elogioso para o fim que se destina. Mas pense bem, pois o compromisso é grande e vai precisar do inglês do seu filho e talvez do alemão de seu amigo. Mas se estiver realmente disposto, entre no programa do irc do sidux que tem no desktop do sidux e chame o x-un-i ou mande uma mp para ele, mas é melhor chamá-lo pelo irc, pois ele cuida o irc e está sempre lá. tenho absoluta certeza que ele poderá te ajudar. não tive tempo ainda de traduzir o seu e-amail, mas depois que fizer vou mandar para o devil. seja qual for a decisão me avise, se realmente puder encarar esse trabalho maravilhoso de tradução do seminarix. eu faço a sala restrista do desenvolvimento da tradução para o português do seminarix. aguardo a sua posição amigo victor. abraços.


Idea
avatar
otto
Fundador

Masculino
Número de Mensagens : 417
Localização : Rio de Janeiro, Brasil
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 05/09/2008

Ver perfil do usuário http://sidux.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por vitornc em Ter 10 Fev 2009, 07:42

Olá Otto!

A tarefa é enorme por isso será necessário envolvermos mais pessoas nisso. Eu mesmo participo e ajudo a gerenciar um grupo de discussão de professores que trabalham com projetos de mídia e informática educativa, chama-se Midi@ção. Muitos desses professores atuam na rede municipal daqui do Rio de Janeiro.

Para que você tenha uma idéia a rede municipal possui 1063 escolas e tem um Programa de Informática Educativa, que dentre outras coisas gerencia atualmente 478 laboratórios, dos quais 284 possuem o Kurumin-Edukando instalado. Isso significa um enorme potencial de obtenção de ajuda, muitos de nossos professores gostam de usar novas tecnologias e estão sempre dispostos a colaborar e motivar os demais.

O xadras citou cerca de 100 programas, ótimo. O que precisamos saber é quais são eles, mas desconfio que muitos deles já possuem tradução para o português. Se falarmos somente sobre aqueles que são nativos do KDE já eliminaremos vários deles. Aqui também vale o contrário, pois podemos encontrar alguns desenvolvidos somente no Brasil e que precisarão ser traduzidos para o inglês e o alemão, HE!HE!HE!

Um abarço
Vitor

vitornc
desenvolvedor do projeto seminarix em português
desenvolvedor do projeto seminarix em português

Masculino
Número de Mensagens : 15
Localização : Brasil
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 01/02/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por muchan em Ter 10 Fev 2009, 09:29


O xadras citou cerca de 100 programas, ótimo. O que precisamos saber é quais são eles, mas desconfio que muitos deles já possuem tradução para o português.

A lista des pacotes do seminarix está aqui:
kde-seminarix
http://svn.berlios.de/svnroot/repos/fullstory/pyfll/trunk/packages/kde-seminarix
(menos que 100 Smile

Só edversum, siduxcc (e talvez outra) são do projeto sidux. Os outros são do debian sid.
Penso que o projeto se pode ter dois níveis de grupos,
1) traducão de pacotes educativos do Debian no pt_BR
(benefício não só para o seminarix-br mas todos os usuarios do Debian!)
e dos pecotes de Debian têm versão inglês. Você pode traduzir En -> pt_BR

2) equipe que integra para edição do seminarix-BR

Para o 1, se pode convidar a gente que não é usuários do sidux...

muchan

Número de Mensagens : 72
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 09/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

forum de desenvolvimento do seminarix em português

Mensagem por otto em Ter 10 Fev 2009, 09:51

Question
Idea

caros amigos do sidux brasil,
criei um sub-forum aqui para o desenvolvimento do seminarix em português. vocês acham que seria conveniente ele ser aberto a todos os usuários ou somente ao grupo de desenvolvimento do seminarix em português? abraços.

Idea Question
avatar
otto
Fundador

Masculino
Número de Mensagens : 417
Localização : Rio de Janeiro, Brasil
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 05/09/2008

Ver perfil do usuário http://sidux.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por ceti em Ter 10 Fev 2009, 14:24

Alô, Vitor/Otto,

Acabei de postar no fórum Inglês, me colocando à disposição para trabalhos de tradução que forem necessários, sempre lembrando que meu tempo é muito escasso.

O Trevor Wakely, que é o coordenador da equipe de tradução, já tomou conhecimento desse assunto e já está de prontidão para o que for necessário (ainda que, a esta altura, tudo ainda esteja muito nebuloso, não é?).

Vou aguardar o desenrolar dos acontecimentos, pois ainda não entendi se acabará sendo um seminarix + Edukando ou um sidux + Edukando, mas desde já renovo meu interesse em participar no que puder neste projeto. Afinal, como eu disse no outro fórum, já fui professor de Português e Inglês da 5a. à 8a. série na década de 1970, antes de entrar prá Caixa Econômica. Mas todo assunto que envolva educação continua a contar com a minha simpatia.

[]s
ceti

ceti
sidux documentation and manuals member
sidux documentation and manuals member

Número de Mensagens : 13
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 11/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por ceti em Ter 10 Fev 2009, 14:25

Otto,

Esqueci de responder sua pergunta: acho que o subfórum deve ser restrito, mas por enquanto ainda não sabemos quem participará, não é?

[]s
ceti

ceti
sidux documentation and manuals member
sidux documentation and manuals member

Número de Mensagens : 13
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 11/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por otto em Ter 10 Fev 2009, 14:38

Very Happy
caro ceti,
quanto a participação do sub-forum acho que o vitornc, a moderação, a administração e os membros da equipe do sidux que participam aqui, como você, o muchan, x-un-i, e outros que queiram participar. eu já criei o sub-forum e está restrito aos membros. o vitornc confirmou que iria participar no projeto de mastering do seminarix e colocou um post no sidux.com para comunicar aos desenvolvedores do sidux e do seminarix. mas ele precisa de alguma ajuda (pelo menos para iniciar o projeto). o muchan já tem dado algumas dicas para ele. o xadras e o devil disseram que poderiam ajudar também. se você tiver condições poderia dar uma força para o belo projeto do prof. Vitor de traduzir o seminarix para o português. pelo que li da sua mensagem anterior você poderia ajudar ao nosso amigo vitornc. se você puder mandar uma mp para ele ou e-maila para conversarem e discutir o início do projeto. é tudo questão de reunir forças em cima do projeto do seminarix para o português e dar o ínicio ao projeo. as crianças do mundo que falam português iriam se beneficiar com esse projeto educaciona e não poem esperar muitol. imagine não somente pensando em termos de brasil, mas no idioma português que é falado pelo mundo afora, como na Europa, África e Ásia, quantas escolas que não podem comprar um sistema operacional educacioanal e poderão ter gratuitamente.após o lançamento oficial do projeto semianarix em português poderíamos fazer a divulgação necessária para outros candidatos a cooperação em cima do projeto seminarix em português.eu posso dar todo o apoio necessário aqui no sidux brasil para criar salas (sub-forum e o que mais vocês precisarem para concretização do projeto).um forte abraço.
Idea
avatar
otto
Fundador

Masculino
Número de Mensagens : 417
Localização : Rio de Janeiro, Brasil
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 05/09/2008

Ver perfil do usuário http://sidux.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por vitornc em Qua 11 Fev 2009, 07:01

Olá Ceti!
Olá Otto!
Olá Muchan!

As nuvens estão se dissipando e já começo a ver um belo dia de sol, com céu azul, praia, etc.
Gostaria muito de contar com o auxílio de vocês e aproveito também para me colocar a disposição para tocarmos esse projeto.

O Ceti colocou uma questão importante será sidux - edukando ou seminarix - edukando? Eu gostaria que fosse edukando - seminarix, reunindo todo o poder de fogo desses dois projetos. Vejo que dessa forma teríamos mais liberdade para ousar, sem descaracterizar o sidux, seríamos na verdade uma variante do sidux com liberdade para compor o sistema de forma que pudéssemos aproveitar todos os recursos educativos disponíveis.

Caro ceti sei que o seu tempo é escasso, mas gostaríamos muito de contar contigo nessa empreitada. Consegui entrar em contato com o meu amigo Eraldo Fernandes, também professor da rede e com formação em alemão. Ele aceitou em contribuir dentro da disponibilidade que ele possui, mas está preocupado quanto a forma de participação, o ideal é que tivessemos em mãos, o mais rápido, uma documentação inicial para que ele experimentasse o trabalho, nada muito extenso para não assustá-lo, HE!HE!HE!

Estou nesse momento preparando uma mensagem para postar no sub-fórum criado pelo Otto, nela chamarei a atenção de nos organizarmos em torno de um plano de ação. Mais detalhes no sub-fórum.

Um abraço
Vitor NC

vitornc
desenvolvedor do projeto seminarix em português
desenvolvedor do projeto seminarix em português

Masculino
Número de Mensagens : 15
Localização : Brasil
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 01/02/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

sidux + seminarix + Edukando

Mensagem por x-un-i em Seg 16 Fev 2009, 19:16

Vitor tomei a liberdade de fazer um resumo da nossa conversa de ontem para algum membros do seminarix/sidux.eV.

Eles mostraram interesse em conhecer a lista do Software que você utiliza, para compararem com o seminarix e eventualmente fazer modificações nos pacotes do "seminarix"

Eles já andavam a pensar em fazer a release do seminarix bilingual ( inglês/alemão ) mas havendo interacção com o português do brasil não veêm razão pela qual o pt_BR não possa ser incluido) seria bom que você entrasse em contacto com eles no irc se for preciso e eu estiver presente eu ajudo-o a establecer contacto.


Só para clarificar alguns pontos e dar mais algumas informações.

1. todos os utensílios do sidux - incluindo os que são utilizados para a construção das imagens iso, sempre poderam ser obtidos a partir do nosso repositório de fontes. A URL foi desde o inicio do projecto sempre acessível da nossa Homepage. ( como nao temos tempo de fazer qualquer suporte no que diz respeito à utilização desses utensílios também nunca fizemos propaganda deles, de facto eles estao sempre sujeitos a grandes alterções devido às propriedades do próprio "sid" as ferramentas reagem ( têm que reagir) muito ràpidamente às mudanças do repositório sid.
No sidux-underground houve uma tentativa de fazer uma documentação destas ferramentas. Como nunca segui muito atentatamente o que por lá se fez não sei o estado da "documentação" que por lá existe.


2. todos os pacotes deb utilizados no sidux ou no seminarix também estão incluidos no repositório do sidux e podem ser instalados por meio do apt-get. Para quem quer instalar a fontes tem que tirar o sinal de comentário na correspondent linha da lista de fontes do apt.


3. o cuidado que o grupo tem com o "sidux" está relacionado com a intenção de controlar a qualidade das releases e claro está que isto envolve também o próprio nome do sidux.
No Projecto estão envolvidos algumas (poucas) dezenas de voluntários que se esforçam por fazer o melhor no seu tempo livre. Como tal não podemos aceitar que o nome seja utilizado sem que o grupo tenha o controle da qualidade. Eu disse isso ao Vitor em conversa no IRC o sidux não tem problemas que ele utilize os isos que são publicados como entender só que não gostariamos de ver o nome envolvido se o grupo do sidux nao tem influência directa sobre o resultado publicado. Nada mas nada o pode impedir de utilzar os isos, de os modificar para as suas necessidades e de publicar os isos modificados; mas aí preferimos que se diga "baseado no sidux" em vez de conter o nome do sidux no seu próprio nome ( é isto que nós fazemos também em relação á distribuição mãe do Debian)


3. Ceti a propósito do nome ser escrito em letras minúsculas isso foi uma decisão ponderada e discutida pelo grupo fundador ( tal como a origem do nome de todas as futuras releases) - para sua informaçâo todos os substantivos sao escritos em alemão com a primeira letra Maiúscula, pra mostrar a diferenca entre o "sidux" e todos os outros substantivos ou até outras distibuições do Linux que escrevem o nome completo em maiúsculas foi decidido que o nome seria em minúsculas.


4. Um grupo de utilizadores alemães do sidux fundaram uma Associação ( sidux-eV) reconhecida oficilamente que tem como finalidade propagar o sidux e promover o software livre . Esta Associação registou a palavra sidux™ protegendo o nome de ser utilizado em produtos comerciais.

De certeza que haverá mais coisas para esclarecer. É só perguntar...

Um abraço
(x-un-i)
Joaquim

x-un-i
sidux team member
sidux team member

Número de Mensagens : 7
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 09/09/2008

Ver perfil do usuário http://sidux.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por vitornc em Seg 16 Fev 2009, 23:41

Olá x-un-i!
Olá para todos!

Obrigado pelo auxílio, acho que a conversa foi muito proveitosa e esclarecedora, posso dizer que são muitas informações a serem processadas, mas confesso que estou bastante empolgado com as possibilidades.

Com as dicas pude acessar o pyfll, baixando inclusive os arquivos, mas pelo site não consegui entender direito como gerar uma nova iso. Vi até que um dos participantes mostrou-se interessado em personalizar o sistema montando o chroot e postou algumas indicações sobre isso, mas não ficaram muito claras. Mas pelo que eu entendi, ele queria obter uma forma de parar o processo automatizado do pyfll na metade, montar o sistema como chroot e realizar as personalizações que desejasse e depois retomar o processo e assim gerar a nova iso. Na prática algo muito parecido com que eu fiz.

Estou elaborando uma listagem de programas usando o freemind, organizando-os segundo o projeto de menu que utilizo no Edukando. Alguns como o hagaquê, o dosvox, o muan estão presentes somente no Edukando e poderiam fazer parte desse novo projeto.

Na minha cabeça esse projeto reuniria o melhor desses três mundos: o potente kernel sidux e as suas principais ferramentas de configuração; o eduversum do seminarix; o menu interativo que utilizo no Edukando pensando na possibilidade de recriá-lo nos mesmos moldes do eduversum; uma versão em dvd contendo todos os programas instalados( a versão que personalizei chegou a 3 gigas já com os aplicativos desses dois projetos) e outra em CD, com a possibilidade de utilizarmos a solução kokar ( script do kurumin que gera uma iso, que pode ser facilmente transportada em um DVD ou pendrive, com os pacotes necessários a recompor a instalação, utilizando nesse caso o synaptick, a partir de um arquivo de marcações); uma opção de instalação de um servidor LTSP no sidux, para que se possa, nas escolas, aproveitar máquinas antigas e transformá-las em terminais de acesso, rodando aplicativos direto desse servidor.

O meu interesse imediato é poder gerar uma imagem estável desse projeto para uso imediato nas escolas onde eu atuo e compartilhar o resultado com os meus colegas, principalmente para oferecer a eles uma solução robusta, rica em diversidade, capaz de dotar os notebooks que recebemos com recursos incríveis. E dividir essas experiências mundo afora...

Um abraço
Vitor NC

vitornc
desenvolvedor do projeto seminarix em português
desenvolvedor do projeto seminarix em português

Masculino
Número de Mensagens : 15
Localização : Brasil
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 01/02/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por ceti em Ter 17 Fev 2009, 22:33

Eu não sumi, não...
Tô ligado, tô ligado... (mas vou sumir no Carnaval e só voltar no outro Domingo!).
Aguardo instruções de seja lá quem for. (Victor? Trevor? Alguém mais?).

ceti
sidux documentation and manuals member
sidux documentation and manuals member

Número de Mensagens : 13
Warning de respeito as regras :
Warning :
0 / 1000 / 100

Data de inscrição : 11/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você conhece o Seminarix?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum